Setembro Dourado: AACC/MS alerta para o diagnóstico precoce do câncer infantojuvenil

Setembro já é conhecido como a época em que as atenções se voltam para o alerta sobre os sinais e sintomas do câncer infantojuvenil. Isso por que, Confederação Nacional das Instituições de Apoio e Assistência à Criança e ao Adolescente com Câncer – CONIACC, realiza em parceria com as instituições em diversas cidades um conjunto de ações do Setembro Dourado

 

Segundo Mirian Comparin Correa, aqui em Campo Grande-MS, a AACC/MS faz o seu papel. “O objetivo global da campanha é alertar para o diagnóstico precoce do câncer infantil, e nós fazemos isso através do programa “Fique de Olho, pode ser câncer infantojuvenil” que tem por objetivo capacitar profissionais da área de saúde, Atenção Básica e Médicos Pediatras, quanto aos principais sinais e sintomas da doença e suas especificidades".Segundo o Instituto Nacional de Câncer – INCA o câncer já representa a primeira causa de morte (8% do total) por doença entre crianças e adolescentes de 1 a 19 anos no Brasil.

 

Para o Dr Marcelo dos Santos Souza, oncologista pediátrico e chefe do CETOHI,  os números em MS, ainda ficam longe do esperado, sem exames preventivos, um dos fatores que contribuem para o diagnóstico da doença na criança e no adolescente é a percepção dos sinais e sintomas.  A doença é fácil de ser confundida com outras doenças comuns à infância, por isso, o cuidado e a atenção deverão ser reforçados. O oncologista pediátrico ainda alerta para características como palidez progressiva, dor óssea nas articulações, inchaço que provocam dificuldades de andar, manchas roxas ou sangramentos em locais que não são de traumas - principalmente nos membros inferiores e superiores, febre prolongada sem foco que deixam as crianças em condições apáticas.

 

O Instituto Nacional de Câncer (INCA) estima que ocorrerão cerca de 12.600 casos novos de câncer em crianças e adolescentes no país por ano em 2017. Em torno de 80% das crianças e adolescentes acometidos de câncer podem ser curados se diagnosticados precocemente e tratados em centros especializados.

 

Ação Infância e Vida

 

Paralelo ao Setembro Dourado acontece a Ação Infância e Vida, uma parceria entre o Banco do Brasil e a CONIACC. A campanha, que está no terceiro ano, também visa divulgar informações sobre os sinais e sintomas do câncer infantojuvenil e seu diagnóstico precoce. Tem ainda como propósito arrecadar doações para fortalecer o sistema de apoio e assistência à criança e ao adolescente com câncer em todas as regiões do Brasil.

As doações para a Ação Infância e Vida podem ser feitas por meio da troca de pontos Dotz, Ponto pra Você e Ponto pra sua Empresa – através da Livelo – e Smiles.

Podem também ser de qualquer valor, através da conta da CONIACC no BB –Agência: 2870-3 – Conta Corrente: 33.000-0.

A campanha começou em 15 de agosto e vai até 15 de outubro, no entanto, os mecanismos de doação ficarão disponíveis após este período, com exceção da Smiles, que terá período determinado para doações.

 

Mais detalhes da ação Infância e Vida: bb.com.br/infanciaevida.

 

Sobre a AACC/MS

 

Fundada em 29 de março de 1998, a AACC/MS é uma instituição sem fins lucrativos, que recebe crianças e adolescentes com câncer, de 0 a 19 anos, vindos de todo estado de MS e estados vizinhos.  Tem como atividade principal Assistência Social, classificada como “Abrigo Institucional Provisório-Alta Complexidade”, e como atividades secundárias Saúde e Trabalho/Renda.

Primeira organização beneficente no Mato Grosso do Sul a assinar, junto a ONU, o termo de adesão ao Movimento Nacional pela Cidadania e Solidariedade, a AACC/MS assumiu o compromisso de contribuir com a qualidade de vida e saúde, de encontro com as metas dos ODM, criadas pelas Organizações das Nações Unidas, principalmente com a 4º meta: “Reduzir a mortalidade infantil”.

 

FACEBOOK

INSTAGRAM