Para conseguir reformar centro de tratamento, AACC/MS convoca população

Reforma deve ter um investimento inicial de  R$3,5 milhões e ajuda popular será fundamental 

A Associação dos Amigos das Crianças com Câncer (AACC/MS) completa 25 anos em 2023, cuidando de crianças e adolescentes com câncer de todo o Mato Grosso do Sul, desde 1998. Esse ano, a instituição dará um grande passo em nome da qualidade de vida desses pacientes, encabeçando a reforma do CETOHI, o Centro de Tratamento Onco Hematológico Infantil, onde as crianças realizam o tratamento.

O CETOHI funciona desde o ano 2000 e é hoje centro de referência no tratamento do câncer infantojuvenil no Estado, além de um dos mais conceituados da região Centro-Oeste. No entanto, para continuar nesse patamar, ele precisa passar por grandes modificações. Para conseguir bancar os custos, que, inicialmente, devem chegar aos R$3,5 milhões, a  AACC/MS lança a campanha anual “A AACC/MS Te Chama”, que, esse ano, terá foco exclusivo nessa reforma. “Estamos convocamos a população sul-mato-grossense a atender ao chamado da solidariedade. Por isso, quando alguma das operadoras de nossa Central de Doações entrar em contato pelo telefone, pedimos que você atenda com muito carinho e faça a sua contribuição”, convida Mirian Comparin Corrêa, presidente da AACC/MS.

Nessa reforma serão realizados diversas melhorias, como revisão elétrica e hidráulica, troca de pisos em todo o andar e de revestimentos em todos os banheiros, além de  louças, metais e vasos sanitários. Serão também implementados novos consultórios, quatro novos leitos para isolamento e serão construídos novos ambientes para a Brinquedoteca e a Classe Hospitalar (sala de aula). Além da reforma estrutural, serão adquiridos novos mobiliários como camas, sofás, armários, racks, condicionadores de ar e  televisores. O projeto é totalmente humanizado e assinado por um arquiteto. 

Doações – A AACC/MS conta com uma Central de Doações via telefone que faz ligações para todas as cidades de Mato Grosso do Sul, em busca de doadores.  As doações podem ser de qualquer quantia e realizadas a partir das instruções dadas pelas operadoras. 

“Essa, certamente, será uma das grande missões pela qual a AACC/MS passará em seus 25 anos de história, mas estamos certos de que com a ajuda dos sul-mato-grossenses conseguiremos atingir nosso objetivo de proporcionar cada vez mais qualidade ao tratamento desses pacientes, podendo, inclusive aumentar o índice de cura contra essa doença que hoje representa a primeira causa de morte por doenças entre crianças e adolescentes de zero a 19 anos no Brasil”, pontua Mirian.

A Central de Doações da AACC/MS funciona diariamente na captação de doações e é composta de atendentes e mensageiros capacitados e que desempenham um trabalho sério. Caso surja alguma dúvida sobre a veracidade das ligações, se elas realmente foram realizadas pela Central ou qualquer outra informação, a AACC/MS está pronta para resolver pelo (67) 3322-8000, que também funciona como WhatsApp.