Setembro Dourado: AACC/MS e CETOHI promovem semana de lives sobre câncer infantojuvenil

Especialistas renomados compartilham seus conhecimentos sobre a causa

O Setembro Dourado é o mês escolhido para conscientizar a população sobre o câncer infantojuvenil. Segundo dados do Instituto Nacional de Câncer (INCA), essa doença representa a primeira causa de morte em crianças e adolescentes de 1 a 19 anos.

Estima-se que para cada ano do triênio 2020/2022, sejam diagnosticados no Brasil 8.460 novos casos de câncer infanto-juvenis (4.310 em homens e 4.150 em mulheres). Esses valores correspondem a um risco estimado de 137,87 casos novos por milhão no sexo masculino e de 139,04 por milhão para o sexo feminino.

Para conscientizar a população da importância do Setembro Dourado, a equipe da Associação dos Amigos das Crianças com Câncer (AACC/MS), em parceria com o Centro de Tratamento de Oncologia Infantil (CETOHI), promove entre os dias 14 e 17 de setembro uma semana especial de lives com especialistas em câncer infantojuvenil e todo o tratamento e suporte necessários para esse período tão delicado. 

Foram convidados para os bate-papos profissionais renomados de outras instituições, como Rilder Campos presidente da Confederação Nacional das Instituições de Apoio à Criança e ao Adolescente com Câncer (CONIACC) e também presidente e fundador da Casa Durval Paiva, no Rio Grande do Norte; e também Silvia Naccache, palestrante e consultora na área de voluntariado, responsabilidade social, desenvolvimento sustentável e Terceiro Setor.  

Confira a programação:

14/09 – 16h 

O que é o Setembro Dourado?

mediação: Regina Filipini (AACC/MS)

convidado: Rilder Campos (presidente da CONIACC – Confederação Nacional das Instituições de Apoio e Assistência à Criança e ao Adolescente com Câncer)

15/09 – 16h

O trabalho voluntário e sua missão

mediação: Maria Lúcia Smaniotto (AACC/MS)

convidada: Silvia Naccache (consultora e voluntária – SP)

16/09 – 15h30

A importância do diagnóstico precoce no tratamento de câncer infantojuvenil

mediação: Regina Filipini (AACC/MS)

convidado: dr. Marcelo dos Santos Souza (oncologista pediátrico responsável pelo CETOHI – MS)

 17/09 – 16h

Cuidados com os assistidos durante a pandemia

mediação: Rosângela Machado (AACC/MS)

convidadas: Eva Nantes, Daniela Torres e Katiane Fonseca (Casa de Apoio AACC/MS)

As lives serão transmitidas pelo Instagram @aacc_ms, no horário de Mato Grosso do Sul.

Cura em MS –  Quando a Associação dos Amigos das Crianças com Câncer (AACC/MS) foi inaugurada, em 1998, o índice de cura para o câncer infantojuvenil em Mato Grosso do Sul era de apenas 10%.  Hoje, contando com o trabalho de excelência do Centro de Tratamento de Oncologia Infantil (CETOHI), esse índice foi para 70%. 

Muito disso graças à dedicação de seus profissionais que não medem esforços, tanto no cuidar, quanto no tratar e, ainda, com campanhas educativas que levam estado afora a importância de um diagnóstico precoce para aumentar as chances de cura.