Setembro Dourado é oportunidade para conscientizar sobre o câncer infantojuveni

Quanto antes a doença for detectada, maiores são as chances de cura

 

Durante o mês de setembro, instituições do Brasil inteiro se dedicam à campanha Setembro Dourado, período em que fazem um chamamento à sociedade para divulgar informações a respeito do câncer infantojuvenil, como a importância do diagnóstico precoce e os sinais e sintomas.

Divulgar essas informações ao maior número de pessoas possível pode fazer a diferença na vida de alguém, pois, segundo o Instituto Nacional do Câncer (INCA), a doença é a primeira causa de óbitos entre jovens de zero a 19 anos no país, mas, se for diagnosticada precocemente, as chances de cura elevam consideravelmente.

Em Mato Grosso do Sul, a instituição que está dedicada ao Setembro Dourado é a  Associação dos Amigos das Crianças com Câncer (AACC/MS) que há 24 anos acolhe crianças e adolescentes com câncer da capital e do interior e, ano após ano, trabalha em seus canais de comunicação, informações importantes a respeito do tema em suas redes sociais. 

Informação que vale ouro –  O oncologista pediátrico Marcelo dos Santos Souza é responsável pelo Centro de Tratamento Onco Hematológico Infantil (CETOHI), onde os pacientes assistidos pela AACC/MS realizam seu tratamento. Segundo ele, saber detectar os sinais e sintomas do câncer infantojuvenil é fundamental. “No CETOHI, o índice de cura é de cerca de 67%, mas varia de acordo com o tipo de câncer e o quão avançada está a doença quando o paciente chega para tratamento, por isso, detectar o câncer infantojuvenil o quanto antes pode ser decisivo para a cura”, explica. 

Ele alerta que devem ser observados os seguintes aspectos nas crianças e adolescentes: perda de peso; manchas roxas, sangramento pelo corpo sem machucado; febre prolongada de causa não identificada; vômitos acompanhados de dor de cabeça, diminuição da visão ou perda de equilíbrio; dores nos ossos ou nas juntas, com ou sem inchaços; caroço em qualquer parte do corpo, principalmente na barriga; crescimento dos olhos, podendo estar acompanhado de mancha roxa no local.  Se qualquer um desses sinais e sintomas forem detectados em alguma criança, a orientação é procurar ajuda médica imediatamente.

A AACC/MS convida a todos para acompanharem as postagens em suas redes sociais que, durante todo o mês, serão voltadas ao Setembro Dourado. “Quanto mais gente tiver acesso a essas informações, cada vez mais crianças e adolescentes podem ser curadas, por isso, curta, compartilhe e marque seus contatos em nossos posts. Essas pequenas atitudes podem ter um grande valor para alguém”, pontua Mirian Comparin Corrêa, presidente da AACC/MS.

As redes sociais da AACC/MS podem ser acessadas a partir do site www.aacc-ms.org.br.